quarta-feira, 11 de maio de 2016

Tradução 24 horas, tradutor 24 horas, tradução certificada, tradução oficial, tradução juramentada urgente, muito urgente, urgentíssima

Perguntas frequentes

O que é uma tradução pública(juramentada)?

Tradução Juramentada
É a tradução oficial, feita por tradutor público (comumente conhecido como tradutor juramentado), exigida legalmente em todo o território nacional para que documentos redigidos em língua estrangeira produzam efeito em repartições da União, dos Estados ou dos Municípios, em qualquer instância, juízo ou tribunal ou entidades mantidas, fiscalizadas ou orientadas pelos poderes públicos (artigo 157 do Código de Processo Civil e Decreto Federal nº 13.609 de 21.10.1943). A tradução juramentada tem fé pública em todo o território nacional, e as versões são reconhecidas na maior parte dos países estrangeiros.
O Tradutor Público(juramentado)

É o profissional devidamente concursado e habilitado pela Junta Comercial do respectivo Estado em que exerce seu ofício, de acordo, principalmente e entre outros, com o Decreto Federal nº 13.609 de 21.10.1943 e obedecendo às deliberações (principalmente Deliberação 4/2000) e às tabelas oficiais de emolumentos das Junta Comerciais de cada Estado do Brasil.

Uma Tradução Juramentada é aquela feita por um Tradutor Público e Intérprete Comercial, necessária quando é preciso apresentar documentos estrangeiros às autoridades brasileiras.
Se você precisa de uma Tradução Juramentada, veja aqui 3 dicas fundamentais para não ter estresse:
1) Verifique, dentre seus documentos, quais realmente precisam de Tradução Juramentada.


a. A Tradução Juramentada costuma ser mais cara do que a tradução tradicional, portanto vale a pena verificar com atenção quais são os documentos realmente que precisam desse tipo de tradução. Veja no FAQ os documentos que mais frequentemente exigem esse tipo de tradução.
b. Eventualmente bastam outros tipos de Tradução, como no programa Ciência sem Fronteiras, em que em situações específicas são aceitas traduções certificadas. Confira no FAQ a diferença entre Tradução Juramentada e Certificada.


2) Preste atenção ao prazo e confira os preços!
a. A Tradução Juramentada deve ser cobrada segundo a tabela de preços da Junta Comercial de cada estado. Por isso, se quiser ter certeza de que o valor cobrado pelo tradutor está correto você pode recorrer ao site da junta comercial.
b. Normalmente o Tradutor vai dar uma prévia do valor, mas não o preço final da tradução, pois esse costuma variar de acordo com a quantidade de laudas.
c. Fique ligado porque dependendo do prazo existe uma variação do valor. Traduções urgentes seguem uma tabela de preços diferenciada. Então se programe para não pagar mais caro!

3) Escolha um Tradutor Juramentado perto de você!
a. Usualmente os documentos que exigem Tradução Juramentada precisam ser fisicamente entregues, já a cópia digital pode servir apenas para adiantar o processo. Por isso, ajuda muito encontrar um Tradutor perto de você.
b. Aqui no site você encontra os Tradutores por localidade e idioma
c. Caso tenha alguma dúvida, procure o site da Junta Comercial da sua região.

Se casou fora do Brasil com um estrangeiro? Concluiu a graduação em uma faculdade fora do país? Teve filho no exterior?
Se você se encaixa em algum
a dessas situações provavelmente deve estar se perguntando como validar a sua documentação para que ela seja aceita no Brasil. Veja aqui o passo a passo desse processo.

Seja certidão de casamento, diploma ou certidão de nascimento, qualquer um desses documentos que tenha sido emitido em um país estrangeiro para que seja válido em território nacional precisa em linhas gerais seguir os dois passos dados pelo Ministério das Relações Exteriores

  A primeira etapa da validação é a legalização dos documentos nas embaixadas ou consulados do Brasil no território onde o documento foi emitido. Para isso é importante que consulte a entidade brasileira em questão para checar questões específicas, como prazos, necessidade de agendamento ou se é preciso pagar alguma taxa. Em seguida, a próxima etapa desse processo é a tradução do documento para o português. Vale ressaltar que a tradução precisa ser feita por um Tradutor Juramentado.
Encontre aqui a lista de Tradutores Juramentados por idioma e por local.

O que é Tradução Juramentada?

É a tradução de um documento feita por um Tradutor Público e Intérprete Comercial - TPIC -, mais conhecido como Tradutor Juramentado, um profissional concursado pela Junta Comercial do estado em que reside.
Quando preciso que um documento tenha Tradução Juramentada?
No Brasil é exigido que seja feita Tradução Juramentada para o português de documentos estrangeiros a serem apresentados às autoridades brasileiras.
Certidão de nascimento, certidão de casamento, certidão de óbito, diploma, contrato, histórico escolar, carteira de identidade, carteira de trabalho, habilitação de motorista, carta de recomendação são alguns dos documentos comuns das Traduções Juramentadas. Mas podem ser feitas Traduções Juramentadas de objetos menos usuais, como por exemplo, uma carta, para ter valor em um processo na justiça brasileira ela necessita desse tipo de tradução.
Onde encontrar um Tradutor Público Juramentado?
O primeiro passo é identificar o idioma do documento original, pois o Tradutor Juramentado precisa estar habilitado oficialmente nesse idioma. Depois, deve-se procurar as opções de Tradutores Juramentados nesse idioma, no seu estado. Caso não haja no seu estado um Tradutor habilitado no idioma desejado, a sugestão é que se contrate um profissional de outro estado e combine o envio pelo correio ou algum outro serviço de entrega.
Veja a lista completa dos Tradutores Juramentados do Brasil por idioma e por localidade.
Quanto custa uma Tradução Juramentada?
O preço de uma Tradução Juramentada é estabelecido por tabela pela Junta Comercial do Estado do Tradutor Juramentado.
Nessa tabela, o preço varia segundo alguns parâmetros: tamanho do documento; tipo de serviço; complexidade do documento; nível de urgência.

A) Tamanho do documento:
- Laudas: o padrão usado é o de laudas, sendo que uma lauda equivale a 1000 (mil) caracteres, sem contar os espaços em branco; ou 25 linhas, de 50 toques.
Vale destacar que esse é o tamanho do documento final, logo, o cliente pode ter uma estimativa de orçamento, mas não saberá de antemão o valor da Tradução Juramentada.

B) Tipo de serviço:
- Tradução: de língua estrangeira para o português
- Versão: do português para uma língua estrangeira

C) Complexidade do documento:
- Texto comum: certidões (ex: nascimento, casamento, óbito); documentos de identidade (ex: RG, CNH, passaporte); habilitação profissional; cartas, e-mails e documentos em geral que não tenham termos específicos, como técnicos e científicos.
- Texto especial: jurídicos (ex: sentenças judiciais, contratos); técnicos e científicos; bancários e contábeis, certificados e diplomas escolares.

D) Nível de urgência:
- Normal
- Urgente: é considerado um serviço urgente quando demanda uma produção média do Tradutor que seja superior a 2 laudas traduzidas ou vertidas por dia útil. Na tabela da JUCESP é cobrado um acréscimo de 50% em cima do valor de tabela;
- Extraordinário: é considerado um serviço extraordinário aquele realizado aos sábados, domingos e feriados. Na tabela da Junta Comercial é cobrada uma taxa de 100% em cima do valor de tabela.



Quais são os documentos que mais frequentemente exigem Tradução Juramentada?
A Tradução Juramentada é demandada quando se deve apresentar um documento em idioma estrangeiro às autoridades brasileiras. Segundo o site da SINTRA (Sindicato dos Tradutores), os documentos que mais usualmente exigem esse tipo de tradução são: “atas, carteira de habilitação, certidão de nascimento, casamento e óbito, documentos escolares (certificados de 1º e 2º Graus, diplomas universitários e históricos escolares), certificados de origem, contratos, autos de processos judiciais, documentos de embarcações estrangeiras, manifestos, passaporte, procurações, sentenças e testamentos”.

Um Tradutor Público também faz traduções comuns?
A maioria dos Tradutores Públicos também realiza traduções de forma geral nos idiomas em que sejam especializados.

Qual o formato da Tradução Juramentada?
A Tradução Juramentada possui um formato padrão, com algumas características.
Antes da tradução do documento em si, uma Tradução Juramentada se inicia com um parágrafo de abertura com identificação do tradutor, em seguida vem o número da tradução, do livro de traduções e das páginas.
A tradução do texto em si - o corpo da tradução - deve ser fiel ao documento original. Por isso, são descritos até mesmo os elementos gráficos como carimbos, selos e assinaturas. Essa é uma forma de facilitar que pessoas a comparação entre os documentos por pessoas que não leem o idioma original.
Após o corpo da tradução, vem um parágrafo de encerramento, que informa que a tradução é completa e fiel ao documento original e a assinatura, nome e carimbo do tradutor e o seu número de matrícula na junta comercial do estado.
O que é uma tradução certificada?
Em algumas situações pode aparecer o termo “tradução certificada” usado para traduções feitas por instituições credenciadas, para uma situação específica. Por exemplo, o governo pode aceitar para um programa como o Ciência sem Fronteiras traduções de documentos feitas por um determinado escritório ou instituição. Vale destacar que a tradução certificada não tem uma validade abrangente como a tradução juramentada.
EU PRECISO DE UMA TRADUÇÃO JURAMENTADA?
Eu preciso de uma tradução juramentada?
O que é tradução juramentada?
Quais são os documentos que exigem tradução juramentada?
Onde encontrar os tradutores juramentados nos vários Estados do Brasil?
O que fazer quando em um Estado não há tradutor juramentado de um determinado idioma?
A tradução juramentada é válida no Brasil todo?
Quando não há tradutor juramentado de um determinado idioma no Brasil, como se deve proceder?



Eu preciso de uma tradução juramentada?
O que é tradução juramentada?
Tradução juramentada é a tradução de um documento oficial (um diploma, uma certidão de nascimento, uma procuração, um histórico escolar, etc.), que só pode ser feita por pessoa habilitada - o tradutor público juramentado. É diferente, por exemplo, da tradução de um livro, uma poesia, a propaganda de um produto, etc., que pode ser feita por qualquer pessoa que se considere capaz.

Quais são os documentos que exigem tradução juramentada?
Alguns órgãos ou repartições do Governo ou empresas particulares, como os estabelecimentos de ensino, exigem tradução juramentada de documentos em língua estrangeira. Se o documento em língua estrangeira tiver que ser apresentado à Justiça brasileira ou protocolado em Cartórios de Títulos e Documentos ou em outros tipos de cartórios, terá que ter obrigatoriamente anexada a tradução juramentada. Os documentos que mais comumente exigem tradução juramentada são: atas, carteira de habilitação, certidão de nascimento, casamento e óbito, documentos escolares (certificados de 1º e 2º Graus, diplomas universitários e históricos escolares), certificados de origem, contratos, autos de processos judiciais, documentos de embarcações estrangeiras, manifestos, passaporte, procurações, sentenças e testamentos.
Onde encontrar os tradutores juramentados nos vários Estados do Brasil?
Os tradutores juramentados são registrados na Junta Comercial dos Estados. Para obter informações sobre esses tradutores, pode-se entrar em contato com a Junta Comercial de cada Estado, que fornecerá o telefone desse profissional ou outra forma de contato. As Associações de Tradutores Públicos do Rio de Janeiro e de São Paulo mantêm sites que disponibilizam os dados dos tradutores associados (www.atprio.com.br e www.atpiesp.org.br). Além disso, podem-se encontrar tradutores públicos (juramentados) através deste site, na seção "Busca de Tradutores".

O que fazer quando em um Estado não há tradutor juramentado de um determinado idioma?
Nesse caso, o melhor é entrar em contato com tradutores desse idioma do Rio de Janeiro (www.atprio.com.br) ou de São Paulo (www.atprio.com.br) e combinar como enviar o trabalho por correio ou serviço de entrega expressa. A tradução juramentada poderá ser enviada da mesma maneira. Além disso, podem-se encontrar tradutores públicos (juramentados) de todo Brasil através deste site, na seção "Busca de Tradutores".

A tradução juramentada é válida no Brasil todo?
Sim, a tradução juramentada tem validade em todo o território nacional, apesar de os tradutores juramentados estarem lotados em um determinado Estado e subordinados à Junta Comercial desse Estado.

Quando não há tradutor juramentado de um determinado idioma no Brasil, como se deve proceder?
Neste caso, o procedimento aconselhável é entrar em contato com o consulado ou embaixada do país no Brasil. O consulado ou embaixada poderá nomear um tradutor "ad hoc", isto é, um tradutor com proficiência comprovada no idioma, mas que não seja um tradutor juramentado concursado e empossado. Alguns consulados de países de línguas oficiais incomuns também aceitam traduções juramentadas de línguas mais comuns, como inglês.

Por que devo contratar um Tradutor Juramentado?


Para que qualquer documento em idioma estrangeiro tenha validade no Brasil, ele precisa ser acompanhado de sua tradução juramentada. A tradução juramentada de documentos em língua estrangeira é exigida pela legislação brasileira. No caso da versão juramentada (do português para uma língua estrangeira), a aceitação de traduções juramentadas é determinada pela legislação do país de destino.  

As traduções juramentadas são geralmente exigidas para documentos que devam ser apresentados em processos judiciais, educacionais, etc., tais como: certidões de nascimentocertidões de óbitodivórcio, carteiras de identidade, carteiras de habilitação de motoristacarteiras de trabalhocarteiras de vacinação; atestados de bons antecedentes, cartas de recomendação,  contratos em geral, documentos escolaresacadêmicos como histórico escolarboletins de ocorrência, diplomas, etc. 



Quanto custa uma Tradução Juramentada?
Os preços das Traduções Juramentadas são determinados pela Tabela de Emolumentos homologada pela Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (JUCERJA). Estes preços variam de acordo com 3 variáveis:

1 - Tipo de documento:
Traduções Comuns (de inglês para português) ou Versões Comuns (de português para inglês) de passaportes, certidões de registro civil, carteiras de identidade, de habilitação profissional, documentos escolares de ensino médio e documentos similares, inclusive cartas pessoais, desde que não envolvam textos técnicos, jurídicos ou científicos.

Traduções ou Versões Técnicas, Jurídicas e Científicas - todos os documentos que obriguem o tradutor a recorrer a dicionários e bibliografias especializadas,  incluindo diplomas, currículos e históricos de nível superior de graduação ou pós-graduação, patentes, textos de engenharia, catálogos de peças e máquinas, manuais de máquinas e motores, depoimentos periciais, medicina, física, química e documentos similares, inclusive cartas pessoais que contenham, total ou parcialmente, expressões técnicas, jurídicas ou científicas.

Dependendo do tipo de documento, o valor de 01 (uma) lauda juramentada 
varia entre R$ 55,00 e R$ 75,00 reais.

2 - Tamanho do documento:

O valor da tradução depende da quantidade de texto do documento. Calcula-se quantas laudas juramentadas de 1000 (mil) caracteres (sem espaço) têm o documento e multiplica-se pelo valor da lauda de acordo com a Tabela de Emolumentos de cada Junta Comercial no Brasil.

Exemplo:  Uma certidão de nascimento ou de casamento do Brasil, que em português ocupa uma única página, ao ser traduzida passa a ocupar de 2 a 3 laudas juramentadas. Já uma certidão de nascimento, de casamento ou de óbito estrangeira, apesar de em inglês ocupar uma única página, ao ser traduzida pode ocupar até 7 laudas juramentadas. Isto ocorre porque muitas vezes o documento de uma só página contém texto em letra muito pequena, carimbos, assinaturas, selos, consularizações, autenticações de cartória que são traduzidos e mencionados na tradução juramentada, por este motivo o orçamento se baseia na quantidade de texto e não no número de páginas do documento original.

3 - Prazo de entrega:  
O prazo para a entrega das traduções varia de acordo com alguns fatores como: 

I- tamanho do documento;
II- urgência do cliente;
III- volume de entregas já agendadas com outros clientes.

Em média uma tradução de até duas laudas de 25 linhas é entregue em até 5 (cinco) dias. 

Será cobrado um acréscimo de pelo menos 50% (cinquenta por cento) para os serviços urgentes. Entende-se por serviço urgente aquele executado e posto à disposição do interessado dentro dos seguintes prazos:

- em até 5 horas, para uma lauda de 25 linhas ou 1.200 caracteres sem espaço;
- em até 8 horas, para duas laudas de 50 linhas ou 2.400 caracteres sem espaço;
- em até 12 horas, para três laudas de 75 linhas ou 3.600 caracteres sem espaço;
- em até 24 ou 48 horas, tendo em vista o volume de texto dos documentos;
- traduções realizadas nos fins de semanas e feriados;

Uma taxa pode ser cobrada por documentos de alta complexidade técnica ou de difícil leitura. 

Solicite sua Tradução Juramentada

1 - Entre em contato com o tradutor juramentado por:
  • WhatsApp+55 (51) 9206-5076
  • E-mail: atendimento@traddux.com
2 - Receba seu orçamento e prazo de entrega sem compromisso:
É necessário o envio de documentos para fazer o orçamento de sua tradução juramentada.

3 - Efetue o pagamento e receba sua tradução:
O processo tradutório se inicia mediante confirmação do serviço e pagamento de sinal de 50% do valor. O restante é acertado na entrega do documento.

Deve-se reservar 2 a 7 dias, caso seja necessário envio pelo correio para fora da cidade do Rio de Janeiro. Dentro da cidade do Rio de Janeiro os documentos são entregues no mesmo dia em que a tradução é finalizada. Nestes casos as traduções são enviadas por serviço de courrier, ou podem ser retiradas pessoalmente em nosso endereço em Copacabana.
Formas de pagamento:
  • Depósito ou transferência bancária, com opção de 2 bancos: Banco do Brasil e Banco Itaú.
  • Cartão de crédito, em até 18 vezes (no Brasil).
  • Paypal.
  • Espécie.
O preço cobrado pode inclui frete/transporte/postagem do documento, entretanto não inclui eventuais taxas de transferência bancária. 
Serviços Extras:

Oferecemos alguns serviços extrasquando solicitado pelo cliente:
1)    Reconhecimento da firma do Tradutor Juramentado em cartório.
2)    Entrega de vias extras do documento traduzido juramentado.
3)    Envelope carimbado lacrado pelo Tradutor Juramentado.

Você poderá solicitar tais serviços extras no momento da contratação da tradução.

Importante:
Sugerimos averiguar junto às instituições onde apresentará as traduções se sua tradução juramentada precisa de alguma legalização de consulado ou Itamaraty/MRE. 

Não temos a responsabilidade de sinalizar ou conhecer as exigências de cada instituição onde cada um de nossos clientes apresentará as traduções.



Algumas perguntas frequentes

Qual é o formato da Tradução Juramentada?



         
A tradução juramentada tem um formato própriocomeça com um parágrafo contendo a identificação do tradutor juramentado, podendo também conter a identificação do documento a ser traduzido e do solicitante da tradução, seguindo então a tradução propriamente dita. 

Uma particularidade da tradução juramentada é que ela deve descrever fielmente o documento original, inclusive carimbos, selos, brasões, escudos, assinaturas e outras marcas não textuais do documento. 

Partes do documento podem ser omitidas a pedido do solicitante; contudo, o tradutor deverá declarar que a tradução é parcial. A tradução juramentada encerra com um parágrafo que declara que nada mais consta do documento e que a tradução ou versão é fiel ao original. 

Todas as páginas da tradução devem conter o número da tradução, o número de livro de traduções, o número das páginas da tradução e o carimbo com o nome, idiomas de habilitação e o número de registro do tradutor juramentado. Os livros de traduções são registrados na junta comercial onde o tradutor é matriculado.

A tradução juramentada é feita em laudas juramentadas, que correspondem as página traduzidas. Uma lauda tem 25 linhas de 50 toques, o que equivale a cerca de 1000 (mil) caracteres, sem contar os espaços em branco.

As traduções juramentadas feitas no Brasil são aceitas no exterior?
Nos países que aceitam traduções em língua inglesa, sim. Cada um dos outros países tem as suas próprias leis e, se não houver legislação específica a respeito, cada entidade nesses países terá suas próprias regras internas a respeito das traduções. Portanto convém consultar a entidade destinatária dos seus documentos.  

Há necessidade de reconhecimento de firma do tradutor juramentado?
Depende de quem receberá o documento. A tradução juramentada já tem fé pública, mas se necessário, a firma do tradutor juramentado pode ser reconhecida em cartório se o documento tiver sido traduzido para o português. 

Já se a tradução juramentada for traduzida para o inglês, as exigências variam de país para país e o cliente deve verificar se o reconhecimento padrão brasileiro será aceito no exterior. Em alguns casos pode ser exigida a “consularização” da tradução juramentada. Informações a respeito podem ser obtidas no consulado respectivo.


Há Tradutores Públicos mais caros e mais baratos?
No mesmo estado não pode haver. As tabelas das diversas Juntas Comerciais dos diversos estados podem ser diferentes entre si, não há nenhuma relação entre elas, mas o preço tabelado em cada estado é fixo. No Rio de Janeiro os preços das Traduções Juramentadas são determinados pela Tabela de Emolumentos homologada pela Junta Comercial de cada Estado do Brasil.

O que é consularização?
No caso de tradução (do idioma estrangeiro para o português), pode ser necessária a legalização consular do documento estrangeiro, isto é, a autenticação do documento pelo consulado brasileiro no país de origem do documento. Alguns consulados e embaixadas prestam este serviço por correio, mas somente dentro do país representado. Consulte com o consulado ou embaixada mais próxima no site do Ministério de Relações Exteriores: http://www.portalconsular.mre.gov.br/ 


O processo de certificação não é uniforme mundialmente, e a tradução juramentada tem uma definição diferente em cada país. Geralmente, a tradução pública é uma tradução que possui um caráter oficial, por ser realizada por um tradutor profissional juramentado pelo organismo competente na matéria em cada país.
→  Alguns exemplos
No Brasil, apenas os tradutores aprovados em concurso público organizado pelas Juntas Comerciais de cada Estado da Federação Brasileira estão autorizados a produzir traduções juramentadas e obtêm oficialmente o título de Tradutores Públicos e Intérpretes Comerciais.

Nos Estados Unidos e no Reino Unido, a noção de tradução juramentada não existe. No entanto, é possível que lhe seja solicitada uma tradução certificada ("certified translation") ou reconhecida em cartório ("notarized translation"). A tradução certificada é uma tradução acompanhada por uma carta ("affidavit" ou "certificate of accuracy"), assinada e datada pelo tradutor ou pela agência de tradução, atestando que a tradução efetuada é conforme ao original.

No Canadá, uma tradução juramentada é uma tradução realizada por um tradutor certificado, aprovado com sucesso no exame de certificação uniformizado de tradução do CTTIC (Conselho de Tradutores, Especialistas em Terminologia e Intérpretes do Canadá) ou que tenha sido aceito como membro certificado de uma associação profissional de uma das províncias do Canadá. O profissional assina cada uma de suas traduções com as iniciais TA ("traducteur agréé") ou CT ("certified translator").

No México, os tradutores devem apresentar uma candidatura ao Tribunal Superior de Justiça de um dos Estados da Federação Mexicana e devem ser aprovados em um exame escrito e oral a fim de obter o título oficial de tradutor juramentado ("perito traductor oficial") e serem autorizados a apor sua assinatura e carimbo nos documentos.

Na França, uma tradução juramentada é uma tradução feita por um tradutor juramentado, ou seja, um profissional que prestou juramento diante de uma jurisdição francesa (Tribunal de Grande Instance ou Cour d’Appel) e que é homologado oficialmente para fornecer uma tradução na combinação de idiomas de sua habilidade.
Na Itália, os tradutores devem se apresentar diante do Tribunal para cada uma de suas traduções juramentadas, a fim de prestar juramento diante de um oficial público sobre a conformidade da tradução em relação ao original. É por isso que as tarifas administrativas que aplicamos para a Itália são mais altas.
Quais são os documentos que necessitam de uma tradução juramentada?
De forma geral, todos os documentos que devem ser apresentados a uma administração ou autoridade estatal (universidades, delegacia de polícia, prefeituras, consulados etc.), especialmente para a obtenção de documentos oficiais (licença de residência, pedido de naturalização etc.) precisam de uma tradução juramentada.
→ Alguns exemplos
·         documentos oficiais da justiça
·         documentos de cartório e tabelião
·         documentos de estado civil (atestado de nascimento, certidão de casamento, certidão de óbito)
·         contratos, balanços, prestações de contas
·         diplomas e históricos escolares
·         documentos referentes à adoção de uma criança
Quais são os preços e os prazos?
O preço e o prazo da tradução pública dependem do volume a ser traduzido, da combinação dos idiomas, da disponibilidade do tradutor, da data de entrega requerida e do destino de envio pelo correio.
Uma tradução juramentada na Itália custa, em média, R$100 por página. A este preço se adicionam: um valor fixo de R$240 para os custos de gestão, R$30 para o envio por correio expresso, bem como o preço dos selos fiscais (um selo fiscal custa R$55 e deve ser aplicado a cada 4 páginas). Uma tradução pública fora da Itália custa, em média, R$160 por página, aí incluídos os custos de gestão e de envio por correio registrado.
As traduções juramentadas são enviadas por correio diretamente para o seu endereço. Observe que uma tradução juramentada teoricamente tem valor jurídico apenas na forma de papel. Compreende o documento original (ou a fotocópia) juntamente com a tradução, ambos autenticados por uma assinatura e um carimbo. Caso você precise apenas de uma cópia digital enviada por e-mail, não aplicaremos as tarifas de envio.
É possível certificar um documento já traduzido?
Para uma tradução pública na Itália, sim. Um de nossos tradutores profissionais revisará o documento já traduzido, e então certificará a versão final.
Para uma tradução pública para fora da Itália, infelizmente não. Um tradutor juramentado em um outro país que não a Itália não pode usar uma tradução já existente, pois todas as traduções certificadas devem ser traduzidas de forma integral e pessoal pelo tradutor juramentado, pois ela implica na responsabilidade civil e penal do tradutor.
Uma tradução juramentada em um país é válida em todos os outros?
Uma tradução pública realizada por um tradutor juramentado é, de forma geral, oficialmente reconhecida em todo o território daquele país. No entanto, seu reconhecimento no exterior é realizado unicamente caso a caso, segundo as exigências específicas da autoridade requerente. Por exemplo, uma tradução pública realizada no Brasil por um tradutor juramentado brasileiro não será necessariamente reconhecida no México ou no Canadá. É por isso que a Translated sempre seleciona um tradutor diretamente no país de destino do documento, a fim de garantir sua aceitação pela autoridade requerente local.
A Translated não fornece o serviço de legalização das traduções*.
A legalização define o procedimento pelo qual uma autoridade pública certifica a autenticidade das assinaturas apostas em um documento, quando não há acordos de reconhecimento recíproco das traduções juramentadas entre dois países.

1. Quanto custa uma tradução juramentada?
2. Qualquer pessoa pode ser um tradutor público e intérprete comercial?
3. Que diferença há entre uma tradução juramentada e uma tradução não juramentada?
4. Pode-se pedir a tradução juramentada de um site ou de um livro?
5. É possível obter uma cópia da tradução juramentada?
6. Pode-se receber a tradução juramentada por e-mail ou por fax?
7. Qual é o prazo médio de entrega de uma tradução juramentada?

A tradução pública tem seu próprio padrão. O documento traduzido é impresso em papel timbrado, começando com um parágrafo contendo a identificação do tradutor público e do documento a ser traduzido. A seguir, tem-se a tradução propriamente dita.

A tradução pública deve descrever fielmente o documento original, inclusive carimbos, selos, brasões, escudos, assinaturas e outras marcas específicas do documento.

Um parágrafo final que diz que nada mais consta do documento e que a tradução ou versão é fiel ao original encerra a tradução juramentada.
Os valores são tabelados pelas Juntas Comerciais de cada estado e a unidade de contagem é a lauda, esta é a medida padrão equivalente a 1.100 caracteres contando os espaços.

Assim, uma lauda não significa página ou folha, sendo que, dependendo do tamanho das letras e do espaçamento de linhas e caracteres, pode haver mais de uma lauda em uma página.

A tradução juramentada normalmente é exigida para documentos que devam ser apresentados em processos judiciais ou que precisam ter “fé pública”, por ex: autos de processos, procurações, demonstrações financeiras, contratos sociais, etc.

O Art. 13 da Constituição de 1988 afirma que “A língua portuguesa é o idioma oficial da República Federativa do Brasil.” Por isso, o Código Civil estabelece no Art. 140 que “Os escritos de obrigação redigidos em língua estrangeira serão, para ter efeitos legais no país, vertidos em português ” E lê-se, no Código de Processo Civil, Art. 156 e 157, que “Em todos os atos e termos do processo é obrigatório o uso do vernáculo” e que “Só poderá ser junto aos autos documento redigido em língua estrangeira, quando acompanhado de versão em vernáculo, firmada por tradutor juramentado”.

Exemplos de documentos que necessitam de tradução juramentada:

• Documentos civis, como certidões de nascimento, casamento e óbito, sentenças de divórcio;
• Documentos pessoais, como carteiras de identidades, carteiras de motorista, carteiras de registro profissional (CRM, OAB etc.) passaportes;
• Diplomas e históricos escolares;
• Documentos judiciais, como processos e procurações;
• Documentos financeiros e administrativos, como contraltos sociais, estatutos de empresas, licitações, acordos, etc.


Você tem dúvidas em relação ao tipo de tradução que necessita? Não sabe se o documento deverá ser consularizado? Veja abaixo as nossas respostas para as perguntas mais frequentes que envolvem a tradução juramentada:
O QUE É TRADUTOR JURAMENTADO?
Tradutor juramentado é a forma abreviada de Tradutor Público e Intérprete Comercial, cargo exercido mediante nomeação pelas Juntas Comerciais no País. É um tradutor cuja qualificação foi aprovada por concurso público e cujas traduções são denominadas traduções juramentadas, as quais têm validade perante órgãos públicos, tribunais, cartórios de Registro de Títulos e Documentos e afins, em todo o território nacional.
QUAL A DIFERENÇA ENTRE TRADUÇÃO JURAMENTADA E SIMPLES?
Em termos de conteúdo, não há. A tradução de um documento terá o mesmo significado. A diferença é que a juramentada somente pode ser realizada por Tradutor Público e Intérprete Comercial, ou tradutor juramentado, e deve ser impressa em papel timbrado do tradutor.


O QUE É LAUDA?
Lauda é a unidade mais utilizada, no Brasil, para quantificar serviços de tradução. Uma lauda equivale a 1.000 caracteres, sem contar os espaços (de acordo com a a Tabela de emolumentos de cada Estado do Brasil). Os valores das traduções juramentadas são tabelados pelas Juntas Comerciais de cada estado e a unidade padrão de contagem é a lauda.
COMO SABER SE A MINHA TRADUÇÃO PRECISA SER JURAMENTADA?
Isso dependerá da finalidade do seu documento. Caso o seu documento necessite ter validade legal no país de destino, provavelmente esta tradução deverá ser juramentada. Em outras situações uma tradução simples atenderá suas necessidades.
A TRADUÇÃO JURAMENTADA TEM VALIDADE NO EXTERIOR?
De acordo com o Decreto n° 13.609, as traduções juramentadas são válidas em todo o Brasil. Já no exterior, cada país tem suas próprias leis e regulamentos sobre a aceitação de tradução e, embora as traduções juramentadas sejam geralmente aceitas, convém sempre consultar o consulado do país que receberá o seu documento.
A TRADUÇÃO JURAMENTADA PODE SER FEITA A PARTIR DE CÓPIA DO DOCUMENTO?
Sim. Entretanto, o tradutor juramentado mencionará que, a pedido verbal da parte interessada, a tradução foi feita a partir de uma cópia. Vale lembrar que alguns órgãos não aceitam traduções feitas a partir de cópias, mesmo com a menção do tradutor. Nesse caso, verifique antecipadamente se isso será um problema para o órgão ao qual se destina o seu documento e a tradução.
O QUE SÃO NOTARIZAÇÃO E CONSULARIZAÇÃO?
A notarização (ou legalização notarial) é um expediente semelhante ao reconhecimento de firma no Brasil, em que um notário reconhece a assinatura em um determinado documento.
A consularização (ou legalização consular) é um endosso de autoridade diplomática brasileira no país em que foi emitido um documento, para legitimá-lo. Geralmente é feita em português, em documento anexo ao documento assinado.
Dependendo da finalidade do documento, a consularização poderá ser exigida para que o mesmo seja aceito no Brasil. Consulte o órgão ao qual você pretende apresentá-lo para saber se o procedimento é necessário ou não. Caso afirmativo, a consularização deve ser providenciada antes da tradução juramentada.
QUAL O TRÂMITE DE UM DOCUMENTO BRASILEIRO QUE VAI PARA O EXTERIOR?
O trâmite costuma ser o seguinte:
·         o documento é expedido por particular, empresa ou órgão público;
·         é feito o Reconhecimento de Firma em cartório de notas do expedidor do documento;
·         é feita uma versão do documento por Tradutor Juramentado;
·       é feito o Reconhecimento de Firma do Tradutor Juramentado (alguns países não obrigam esta etapa);
·         o documento é levado ao Ministério das Relações Exteriores, no Itamaraty, em Brasília, (ou em sua representação) para  Legalização (reconhecimento de firma do cartório);
·         o documento é levado à representação consular do país de destino;
·         o documento pode ser apresentado no país de destino.
QUAL O TRÂMITE DE UM DOCUMENTO BRASILEIRO QUE VEM DO EXTERIOR?
O trâmite costuma ser o seguinte:
·         o documento é expedido por particular, empresa ou órgão público;
·         é feito o Reconhecimento de Firma do expedidor do documento (Secretário, Diretor, etc.);
·         o documento é levado ao Ministério do Interior (ou equivalente) para legalização;
·         o documento é levado à Embaixada ou Consulado Brasileiro do país de origem;
·         o documento chega ao Brasil, e é apresentado a um Tradutor Juramentado para tradução.


Entre os documentos mais comuns que traduzimos estão:
Documentos Pessoais
·         Certidão de Nascimento
·         Certidão de Casamento
·         Atestado de Óbito
·         CPF; RG; Identidade
·         Carteira de Motorista
·         Passaporte
·         Atestado; Declaração; Certificado
·         Antecedentes Criminais (Nada Consta)
·         Curriculum
·         Laudo Médico; Receita
·         Extrato Bancário; Contracheque
Documentos Escolares
·         Histórico Escolar
·         Diploma
·         Certificado de Conclusão
·         Atestado ou Declaração de Matrícula
·         Boletim; Ementa de Curso
Documentos Jurídicos
·         Procuração
·         Contrato
·         Carta Rogatória
·         Registro Societário
·         Processo; Petição; Sentença
·         Contrato Social; Estatuto
·         Lei
Engenharia
·         Manual Técnico
·         Norma; Descritivo
·         Memorial de Cálculo
·          
Financeiro
·         Balancete
·         Demonstrações Financeiras
·         Planilha de Preços
Marketing
·         Release
·         Texto publicitário
·         Folder
·         Briefing
Outros
·         Artigo Médico
·         Artigo de Revista ou Jornal
·         Publicação no Diário Oficial
·         Patente